You are using an outdated browser. For a faster, safer browsing experience, upgrade for free today.

Renovação: pela primeira vez, uma mulher fará parte do Conselho Deliberativo do São Luiz

A assembleia geral que definiu os novos membros do conselho deliberativo e fiscal do clube, também marca uma história. Pela primeira vez, em 82 anos de fundação do Esporte Clube São Luiz, uma mulher é eleita, sendo que também é a primeira vez, que uma mulher se candidata para concorrer. O nome deste marco se chama: Camila Pakulski Betsch.

Além de ser a primeira mulher eleita para integrar o conselho deliberativo, abrindo espaço para que mais mulheres se interessem em participar dos assuntos relacionados ao futebol , a fim de ocupar seus espaços, Camila foi a segunda concorrente mais votada, e revela estar surpresa com o resultado.

“Eu me sinto surpresa e também muito feliz, pois quando me candidatei ao conselho, minha pretensão era de ser mais uma torcedora que ama o clube e gostaria de dar a sua contribuição para que o nosso São Luiz cresça cada vez mais. Já fui representante discente no Conselho Universitário, e sempre estive disposta a me envolver nestes espaços. Não imaginava que seria a única mulher inscrita, muito menos que seria a primeira mulher a ser eleita. O número de votos expressou que os nossos sócios apostaram em uma renovação e gostaram da ideia de mulheres participando deste espaço. É uma honra imensa representar as torcedoras apaixonadas pelo nosso clube, que sirva de inspiração para muitas outras mulheres participarem deste espaço nas próximas eleições”, conta Camila.

Segundo Camila, a expectativa de agora em diante é contribuir cada vez mais com o crescimento do Rubro.

“Tenho muita expectativa de poder contribuir com o crescimento do nosso clube, trazendo novas ideias, buscar novos sócios e sócias, e servindo como mais um canal de diálogo entre nossas torcedoras e o clube. Nosso objetivo é trabalhar intensamente para levar essa paixão pelo Esporte Clube São Luiz para a casa de cada ijuiense, criando projetos, fortalecendo o futebol feminino, fomentando novas bases de atuação dentro da nossa comunidade e combatendo todos os tipos de preconceito, que infelizmente ainda estão presentes nos estádios”, complementa.

O exemplo de Camila serve de inspiração para que mais mulheres ocupem seu espaço dentro e fora das quatro linhas.

Foto: Lucas Dornelles / EC São Luiz

Pos
Time
J
V
E
D
S
P:9
Patrocínio